BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ****** BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ****** BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ******

terça-feira, setembro 08, 2009


Fica tranquilo Pai,
Venho buscar-te amanhã…


Ainda sorriste para mim,
Sorrimos os dois a tentar,
Esconder a dor da alma,
Por termos que nos deixar…

Percebi nos teus olhos doces
A força com que acreditámos,
E com todo o carinho e amor,
As nossas mãos apertámos.

-------------------------------------

Eu fui lá buscar-te Pai,
A cama estava vazia,
A nossa esperança foi vã…
Fiquei sem chão nesse dia,
Sem ti, sem amanhã...

--------------------------------------


Foste tudo para mim,
Exemplo, carinho, apoio,
Amor e protecção,
O tempo levou-te de mim
Mas não do meu coração.


Fica tranquilo Pai,
Um dia sem se esperar,
Prometo, vou ter contigo,
Nada nos vai separar.

11 Comments:

Blogger Avelino said...

cara amiga

Tens um Blog muito Romântico e bonito
tens gosto.

quando era mais jovem era muito muito romantico, com as amarguras da vida, tornei-me (sem querer), mais insensivel, mais duro...mas doi-me ver esta juventude sem romantismo.

parabens um um GRANDE ABRAÇO

9:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

RECEBI A SUA RESPOSTA E FICAMOS MUITO SATISFEITOS.

SE PUDER ENVIE-ME O SEU E-MAIL TAMBEM COSTUMO TER MAILS, MUITO BONITOS E DE CERTEZA A SEU GOSTO.

UM ABRAÇO

(SEM PALAVRAS)

O MEU MSN LATF88@HOTMAIL.COM
E-MAIL LUAR888@GMAIL.COM

5:14 da tarde  
Blogger leonor costa said...

Lindo e comovente... Sei o que isso é, desde muito cedo. Também tenho uma poesia aqui:


HOJE E AMANHÃ

Beijinhos

7:02 da tarde  
Blogger EDUARDO POISL said...

Obrigado pelo seus comentarios, teu blogger é muito lindo também, lindíssimas imagens e teus poemas são maravilhosos, este entao me fez lembrar do meu pai que agora dia 12 de setembro fez 2 amos de morte.
Abraços

4:09 da manhã  
Blogger Å®t Øf £övë said...

Perante a qualidade e o turbilhão de emoções que este texto provocou em mim, resta-me deixar-te o silêncio.
Bjo.

11:03 da tarde  
Blogger Luis F said...

Vim retribuir a tua visita ao meu mar...

Fiquei encantado pelo perfume das tuas palavras, e pelo aroma do sentimento em teus poemas

Parabéns
Luis

1:26 da tarde  
Blogger O Faroleiro said...

Já não sei quantas vezes vim aqui ler este post retirando-me em silêncio e sem comentários porque fico a pensar no meu pai.
Mais uma vez, vou retirar-me sem conseguir deixar uma palavra, mas tenho a convicção que a Pássaro Azul interpreta muito bem este silêncio.
Fique bem!

6:21 da tarde  
Blogger O Profeta said...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu

Onde param os teus anseios
Onde encontras a sublime calma
Nestes dias de dura tormenta
Onde aqueces a tua alma?

Voa comigo...


Mágico beijo

5:09 da tarde  
Blogger Mikaele Tavares said...

LIndo teu blog!

11:43 da tarde  
Blogger Je Vois la Vie en Vert said...

Reconheci neste doces palavras dirigida ao pai o carinho que conheço nesta minha amiga.

Com uma lágrima no canto do olho pensando no meu pai que festejou o seus 91 anos há pouco, deixo aqui os meus beijinhos verdinhos.

Gostei de voltar a vê-la desde há tanto tempo !

Verdinha

9:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Lindo,embora de uma beleza triste.Vale a pena nos perguntarmos porque gostamos dela.Parece ser a forma de embrulharmos as fatalidades com papeis bonitos.Porque pássaro ? Porquê ir ter com o pai?Porque não o pai vir ter com o passaro,um dia,quando até azuis as rosas possam ser.Um dia, quando fôr possível á vida, viver!

3:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home