BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ****** BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ****** BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ******

quarta-feira, novembro 30, 2005

Depus a máscara e vi-me ao espelho

Depus a máscara e vi-me ao espelho.
Era a criança de há quantos anos.
Não tinha mudado nada…
É essa a vantagem de saber tirar a máscara.
É-se sempre a criança,
O passado que foi
A criança.
Depus a máscara, e tornei-a a pô-la.
Assim é melhor,
Assim sem a máscara.
E volto à personalidade como a um términus de linha.


No dia do 70º aniversário da morte do grande FERNANDO PESSOA, a minha singela homenagem com este poema escrito pelo seu heterónimo Álvaro de Campos.

20 Comments:

Anonymous Fenando Bizarro said...

Bonita homenagem ao Fernando Pessoa.
Com a música que eu considerei apropriada colocar.

Beijocas,

12:04 da manhã  
Blogger Antonio Balbino Caldeira said...

Fernando Pessoa vai-se desvendando. Muito por descobrir. Parabéns pela selecção!

3:57 da tarde  
Blogger JSilvio said...

ta visto que toda gente gosta de fernando pessoa..em menos de 20min encontrei 3 ou 4 poemas dele...
;)

5:20 da tarde  
Blogger saisminerais said...

minha amiga, aqui vais me perdoar!
não sei se ja te tinha dito, mas não costumo deixar comentarios, se o trema não for original de quem o aqui escreve! peço perdão a todos que denotem ausencia minha em postes que lhes parecem muito giros pelo conteudo! e devem pensar que não vim ca ou coisa parecida! mas deixo aqui a mensagem,
eu quando quero ler, seja Fernando Pessoa! espetacular escritor...
Florbela Espanca, Eça de queiroz...e todos os outros já conhecidos e publicados, das duas uma, ou compro o livro ou peço emprestado e leio.
não valorizo e não tem a ver com arrogancia ou coisa parecida, atenção! o blog. de resto pode ser imagem com legenda dizendo (inclusive com erros tipograficos!)
minha mãe quando era noBinha.

aqui deixaria sempre um comentario cheio de moral e lindo, porque me tocaria...

5:34 da tarde  
Anonymous Ze said...

E o Fernando Pessoa merece. Bom feriado... e já agora Bom fim de semana.

5:57 da tarde  
Blogger José Gomes said...

Bom fim de semana e obrigado por teres lembrado Fernando Pessoa.
Um abraço

7:34 da tarde  
Blogger Noel Santa Rosa said...

Obrigada Pássaro Azul por recordares o grande Fernando Pessoa.
Nem todos entendem Fernando Pessoa, porque a grande maioria das pessoas usa máscaras, só não têm é a coragem de as tirar revelando os muitos eus que todos temos dentro de nós: as dúvidas, as angústias, os medos, os desassossegos, as fantasias, os sonhos, os desejos...
E principalmente o medo de assumir que quando amamos somos todos ridículos... se não o fossemos não seria amor!

Beijos muitos de uma Pessoana para outra Pessoana.

Leonilde Costa Santos:
Noel Santa Rosa, Indihra Knǒsek, Vicente Catita e Xavier Clemente

8:07 da tarde  
Blogger Zecatelhado said...

Boa escolha.
Pois cá está este teu amigo de regresso após um tempo bastante assoberbado com outros afazeres. Espero voltar ao "ritmo normal" outra vez.
Obrigado pelas tuas visitas no entretanto.
Aquele abração do
Zecatelhado

8:44 da tarde  
Blogger Eremita Baptista said...

bonita homenagem e obrigado pelo e-mail...

10:33 da tarde  
Blogger Su said...

gostei da homenagem feita ao Poeta que amo
jocas maradas

11:03 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Não consigo compreender muito do que Fernando Pessoa escreveu. Ou os seus heterónimos. Este é um desses poemas...desculpa a ignorância. Homenagem maravilhosa. Beijos

11:23 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

Fátima,
Pelo que já li do que escreveste desde Agosto passado, posso afirmar-te que conseguiste.
Tens um bom blogue, onde abordas ou mostras coisas interessantes e o que escreves da tua autoria é muito bem escrito.
A tua timidez ou receio iniciais mostraram-se, por isso, infundados.
Vou linkar-te logo que possa, se não houver inconveniente.
Beijinhos.

10:11 da manhã  
Anonymous Arte por um Canudo 2 said...

Mais uma voz que se junta para prestar homenagem a esse grande poete que foi Fernando Pessoa. Bom fim de semana.

6:40 da tarde  
Blogger pensamentos said...

É uma bonita homenagem ao nosso Fernando Pessoa...

Beijinho e bom fim de semana

8:14 da tarde  
Blogger AS said...

Associo-me a esta singela mas bela homenagem a Pessoa!

O mundo será sempre um imenso palco, onde todos somos actores, que fazemos o nosso próprio guião, colocando a máscara que a cada momento mais nos parece oprimir...

Um beijo

2:00 da tarde  
Blogger António said...

É justo fazeres uma pequena homenagem ao Fernando Pessoa.
Confesso que conheço mal a sua obra mas, de algumas coisas que li, é mesmo muito grande.

Obrigado pela tua visita ao meu circo e pelo que lá deixaste escrito.

Beijinhos

11:07 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

Obrigado pelo teu comentário.
Vim aqui na esperança de ver novos voos. Mas não houve problema, porque há vôos velhos que são novos para mim. Li-os e gostei. Voas bem.
Beijinhos.

11:02 da manhã  
Blogger Alma de Poeta said...

Obrigada pela partilha.
A música ao gosto do Fernando, ficou sem dúvida muito bonita.
Deixo um beijo

4:48 da tarde  
Blogger stillforty said...

Do outro lado da estrada, do outro lado do espelho onde sempre esteve Pessoa.
Bonita homenagem.
Belíssima música.
Beijo

8:01 da tarde  
Blogger Raquel V. said...

Cada vez me apaixono mais por Pessoa...

12:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home