BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ****** BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ****** BEM VINDOS ÀS ILHAS ENCANTADAS ******

sexta-feira, setembro 09, 2005

Meu Querido Pai


Escrevo-te hoje aquilo que me vai na alma com nostalgia e muito amor.

São palavras que em cada dia e em cada situação da minha vida, eu te tenho dito em silêncio, no silêncio que eu sei que tu entendes, no silêncio por onde comunicamos e através do qual nos sentimos.

Foste o meu pilar desde sempre, a minha referência, o meu escudo, o meu porto de abrigo.

De ti, recebi o amor mais puro que alguma vez senti.

De ti, o olhar mais doce que nunca mais recebi.

De ti, o beijo mais terno, o abraço mais meigo, o sorriso mais lindo que alguma vez vi.

De ti, o exemplo de vida que jamais esqueci.

De ti, a doce lembrança do homem mais justo, bondoso, honesto, trabalhador, capaz de sofrer calado em nome de um grande amor.

De ti, a luta pela verdade, a verticalidade, o saber estar com simplicidade.

De ti, tantas obras de arte na madeira esculpidas, com talento, persistência, sensibilidade e amor.

De ti, o exemplo de educação, de amor filial, de vida a dois, de fraternidade, de alegria e tanta, tanta bondade.

Faz hoje 20 anos que partiste… será verdade?

Continuas tão presente, apesar desta enorme dor a que chamamos saudade.

Tua filha, com amor,

Fatinha




Dear Father

Dear Father
We dream, we dream
We dream
While we may

Who are we to need
We need we need
While we wait
While we wait

[Spoken:]
Dear Father
We dream, we dream
We dream
While we may, while we may

Who are we to need
We need, we need
While we wait
While we wait

Neil Diamond

16 Comments:

Anonymous Fenando B. said...

Minha Querida Fatinha,

Estou contigo nesta bela homenagem à memória do teu Pai, que vive sempre presente em Ti.

Eu estou aqui minha Querida.

Doces Beijos,

9:50 da tarde  
Blogger António said...

Venho aqui agradecer a visita que fizeste ao meu blog e as palavras motivadoras que lá me escreveste.

E encontrei um blog recente e com pouco material, ainda, mas muito promissor.
Penso que escreves bem.
Continua porque tens potencial para fazer mais e melhor.

Não quero deixar em claro este último post de homenagem aos 20 anos do passamento de teu pai.
Está muito bom!

Sei bem quais os teus sentimentos pois perdi minha mãe há 22 anos e meu pai há 12.
Mas estarão aqui, no meu coração, até ao dia em que seja a minha vez de abalar.

Beijinhos

10:48 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

O meu pai está comigo, mesmo que um dia fisícamente não possa estar, as tuas palavras são as minhas, e nelas chorei. Muitos beijos por todo esse amor que não tem igual

10:13 da manhã  
Blogger augustoM said...

Bonita lembrança do pai, eles ficam sempre perto de nós.
Um beijo. Augusto

4:45 da tarde  
Blogger lazuli said...

bonitas palavras para o teu pai, que te acompanha sempre. Um beijo da Fernanda

5:36 da manhã  
Blogger Lina said...

Uma bonita e sentida homenagem, onde quer que ele esteja, estará crtamente a sorrir para ti.
Um beijo

7:10 da manhã  
Anonymous Rui Banha said...

Mãe,

Cada vez mais me orgulho de ser teu filho.

Um Beijo grande de carinho.

Rui

6:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Emocionante esta declaração de amor filial. Ele, com certeza, estará sempre contigo. Foi bom ter vindo a este belo lugar.
Uma beijoka da anne.
http://www.anne_voce.blogger.com.br

7:25 da tarde  
Anonymous Ze said...

Lindo. Tocante. Que bom ter uma filha assim.

9:09 da manhã  
Blogger joeharolds2440 said...

i thought your blog was cool and i think you may like this cool Website. now just Click Here

11:35 da manhã  
Blogger Elvira Bill said...

Podiam ser palavras minhas.
Saudades que tenho do meu pai, está noutro sítio e acredito que está bem.
Partiu há quinze anos e ainda o vejo tal como é, lá onde ele está.
Beijinho ao teu pai.

9:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ao escever esta mensagem estremeço...Nao sei qual é a sensaçao de ter saudade de uma pessoa que ja partiu...tenho medo. Quando li este poema,esforçei-me para nao pensar numa realidade, a morte, mas ela existe! Nao sei mais o que lhe dizer. Admiro muito a sua coragem. Este poema esta humildemente lindo, indescritível.
Beijinhos da sua grande amiga que a adora muito.
Verinha

11:36 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bem hajas. Procurava algo que descrevesse o grande Homem e Pai que partiu há 24 dias. Queria dedicar-lhe um epitáfio digno, mas a tua carta transmitiu-me muito do que eu gostaria de ter escrito ao meu Pai, em jeito de presente ... A dor pela perda é ainda muito ... turbulenta. Um grande beijinho para ti e para o teu Pai.

2:54 da manhã  
Blogger Passaro Azul said...

Meu amigo/a anonymous
Estou contigo na tua dor, ainda tão recente, e tão sentida.
Quero dizer-te, que se as minhas palavras te puderem ajudar, eu estou aqui, no meu endereço de e-mail, para te emprestar o meu ombro que sabe bem como doi essa tua dor.
O meu abraço e que Deus te dê força para caminhares daqui para a frente.
Estou contigo e a minha amizade é para partilhar mesmo.

6:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Aprendi muito

2:13 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

OLA.... PERDI O MEU PAI FAZ AGORA DIA 30 4 MESES... SINTO UMA DOR IMENSA POIS MORAVA LONGE A 5 ANOS
É DIFICIL TODOS OS DIA CHORO POIS VIVIA LONGE DELE. E QUANDO VOLTEI A VER FOI PARA ME DESPEDIR
DELE DENTRO DE UM CAIXÃO. EU VIA ELE E FALAVA COM ELE.., EU ABRACEI ELE. MAIS O SEU CORPO JA ESTAVA GELADO OS BRAÇOS JA DURO E A VOZ NUNCA MAIS EU OVIREI.
SOFRO TANTO COM ISSO NAO CONSIGO ACEITAR
A MORTE DELE. MEU PAI ERA TUDO NA MINHA VIDA ALEM DE PAI, UM AMIGO LEAL. TODAS PESSOAS FALA A MEU PAI É MEU EROI. MAIS O MEU PAI NAO ERA SIMPLISMENTE O MEU EROI.
ELE ERA MEU PORTO SEGURO MEU POSTO DE ABRIG0. MINHA ALEGRIA. MEU MOTIVO DE LUTA PELA VIDA. E HOJE ESTOU AQUI TENTANDO SER O QUE SEMPRE FUI OU PELO MENOS TENTANDO RECUPERA UMA METADE DE MIM. MAIS NAO CONSIGO OS DIA PASSA E A DOR PIORA SINTO QUE ESTOU PERDENDO O CONTROLE DE MIM MESMA...

11:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home